<$BlogRSDUrl$>

domingo, setembro 11, 2005


Uma nova imagem deste presidente americano poderá vir a ser idealizada. Esta foi montada com centenas de fotos de militares mortos no Iraque.
Pode agora surgir uma outra com fotos dos milhares de pessoas que poderão ter morrido por falta de apoio do estado americano, após a passagem do furacão Katrina.

|

O freguês que se segue 

Depois da candidatura de Mário Soares ás proximas presidenciais, para completar o quadro, só cá faltava a candidatura de José Maria Martins.
Já agora, porque não Cavaco Silva?
Porque não Alberto João Jardim?
Porque não Pinto da Costa?
Porque não Avelino Ferreira Torres?
Porque não o lançamento de uma caderneta de cromos com todos os candidatos?
Porque não o vencedor ser escolhido através de um concurso televisivo?
Porque não ...

|

domingo, agosto 07, 2005

Robert Fisk, especialista em questões do Médio Oriente 

"O Iraque é um inferno onde a insurreição é cada vez mais sangrenta, o povo do Libano vive sob ameaça, o Egipto de Mubarak é um abismo de opressão e miséria. Quanto à Arábia Saudita, é e contiuará a ser uma monarquia integrista absoluta. Talvez nós, europeus, tenhamos necessidade de acreditar que o Médio Oriente está a evoluir favoravelmente para nos concentrarmos na nossa própria infelicidade dourada. Talvez, ao convencermo-nos de que o Médio Oriente é um paraiso onde a liberdade está a progredir e o medo a recuar, possamos mais facilmente ter vergonha de nós próprios, maldizer os nossos privilégios, odiar as nossas tão belas existências. Mentimos a nós próprios sobre a tragédia do Médio Oriente e sobre o paraiso que é a vida na Europa."
(Especialista no Médio Oriente, Robert Fisk é dos mais famosos e polémicos jornalistas britânicos. Cobriu a guerra do Iraque e já recebeu sete prémios de melhor correspondente. Vive em Beirute há mais de 20 anos.)
Artigo publicado no "COURRIER INTERNACIONAL nº13

|

quarta-feira, junho 22, 2005

O embuste 

Portugal avançou todos estes anos, a custa de muitos embustes, politicos, económicos e sociais. O resultado está bem a vista de todos.

|

domingo, junho 19, 2005

??? 

"Acredito que os jovens trabalhadores, antes de mais os jovens trabalhadores a que prometeram reformas que o governo... promessas que foram prometidas, reformas que não se podem cumprir. É assim que tudo se passa"
GEORGE W BUSH (presidente dos Estados Unidos da América) no seu melhor

|

quarta-feira, junho 15, 2005

Os sucessores 

A perda, durante o fim de semana, de três das mais importantes personalidades do nosso pais não parece ter deixado algumas pessoas incomodadas. Essas mesmas pessoas devem imaginar que no meio literário não nos continuarão a faltar personalidades de destaque: Margarida Rebelo Pinto; Lili Caneças ou mesmo José Castelo Branco e Cinha Jardim.
Já no meio politico, personalidades como: Alberto João Jardim; Valentim Loureiro ou Avelino Ferreira Torres, continuarão de forma segura a dar ao povo português, um grande exemplo de dedicação pelos ideais politicos que fazem a história acontecer e avançar.

|

domingo, junho 12, 2005

A Tartaruga e o Poder 

Um dia alguém pensou em oferecer a "Alberto João", como presente, uma tartaruga.
-Uma tartaruga? Que ideia! Onde ia eu meter um bicho desses?
-É muito simples. Basta um tanquezito com água. Não dá trabalho nenhum, não incomoda, não faz barulho e pode viver até aos duzentos anos...
-Ah, não! Não quero. Nós afeiçoamo-nos aos animais, depois eles morrem e lá ficamos com pena dos perder...

|

sábado, junho 11, 2005

O Arraial continua... 

Com os acontecimentos de ontem na praia de Carcavelos, e hoje no Algarve, Portugal acaba de dar mais um importante passo na aproximação ao Brasil, pais irmão, e subir uns valentes lugares no ranking dos paises do terceiro mundo.

|

A Europa neoliberal minimal 

"Esta Europa neoliberal minimal é economicamente absurda e politicamente irrealista. Os mercados não se constituem apenas politicamente. Precisam permanentemente de correcções politicas para funcionarem. Se a Europa não pode ou não quer proceder a essas correcções, não é só a economia que sofre com isso, mas o projecto europeu no seu conjunto. Porque as contradições e as insuficiências da Europa neoliberal minimal não podem ser neutralizadas politicamente. Pelo contrário, elas são denunciadas e instrumentalizadas por um populismo de direita em plena expansão. Este retira grande parte da sua força da mentira neoliberal, que pretende que a Europa se pode realizar sob a forma de uma Europa-mercado apolitica, desprovida de qualquer incidência sobre as estruturas sociais dos antigos Estados-nação."
ULRICH BECK em artigo traduzido no "COURRIER INTERNACIONAL" (versão portuguesa)

|

domingo, maio 29, 2005

NON 

O "NON" Francês vem na altura exacta. Toda a Europa tem de acordar. Quase 60 por cento de eleitores franceses, transformaram-se na consciência de muitos outros milhares de europeus, que esperavam um sinal de força de uma das grandes nações do mundo.
Talvez agora os politicos olhem com outra atenção e preocupem-se mais em esclarecer devidamente os seus concidadãos.
A Europa e a França, vão sobreviver e procurar um caminho melhor...

|

sábado, maio 21, 2005

A VARIG que ligue o 112 

O possivel negócio da compra de 20 por cento da VARIG, pelo estado português, através da TAP, mais parece um negócio de novo rico ou "chico esperto" atolado até as orelhas em dividas.
Senão vejamos: que interesse tem para Portugal, envolver o dinheiro de todos nós, num arriscado negócio de compra de parte de uma empresa "atolada em dividas que chegam aos 2878 milhões de euros e com património liquido negativo de 2078 milhões de euros"?
Portugal está sem dinheiro? Então o pouco que existe não pode ser investido em negócios destes!

|

quinta-feira, maio 12, 2005

Simpático, simpático... 

Seria o TOTTA, se não fizesse publicidade de um cartão de crédito, que para o seu possuidor ter um "chouriço", tem de dar um "porco" em troca. È o que diz o povo.
Resumindo: o cartão TOTTA 10+10 que apregoa dar 10% de desconto em gasolina e portagens, esquece-se de dizer que o seu possuidor tem de fazer despesas mensais em compras a crédito, num valor superior a 200 euros!
Mais palavras para quê?

|

segunda-feira, maio 02, 2005

"Os Segredos dos Conclaves" de Atto Melani 

"A corte Pontificia de Roma está dotada de grandes meios e infinitos recursos; o pretexto da religião garante-lhe um enorme poder sobre os espiritos fracos, plebeus e devotos."


Manuscrito de 1700 que foi agora revelado pelos autores de "IMPRIMATUR" e editado pela (Editorial Presença)

|

segunda-feira, abril 25, 2005

O ano depois da (R)evolução 

Ainda há um ano atrás existiam por ai, alguns politicos que, desejosos de grandes mudanças, tentaram impingir aos portugueses uma interessante evolução, não, não era a teoria da evolução parte 2.
A verdadeira evolução de Portugal, deu-se durante estes ultimos meses, em que pouco a pouco fomos vendo sair de cena alguns dos politicos que mais fizeram este pais recuar no tempo.
A verdadeira evolução é a dos portugueses que deram a resposta no passado dia 20 de Fevereiro.
A revolução continua e ninguém a há-de parar.
VIVA o 25 de Abril!

|

domingo, abril 24, 2005

A conclusão certeira do Conclave 

"Ninguém espera a Inquisição alemã. Ou, no caso, o cardeal Ratzinger, inquisidor-mor da Igreja Católica ontem promovido a Papa. Se o Vaticano, sob João Paulo II, já era intolerante em relação a questões que são puro senso comum, como o uso do preservativo ou o divórcio, com Ratzinger o obscurantismo masoquista da Opus Dei vai impôr defenitivamente a sua lei. Em pleno século XXI, o catolicismo imita o islamismo e, em vez de progredir, fanatiza-se. Pelo menos, nenhum português foi escolhido. Portugal precisa de tudo menos de um Papa."
Paulo Narigão Rodrigues em A CAPITAL de 20 de Abril de 2005

|

sábado, abril 16, 2005

O colete reflector... 

Reflecte um facto indiscutivel: tornou-se o acessório de segurança rodóviaria mais importante de Portugal. Os portugueses como reais cumpridores dos seus deveres, de consumistas de tudo o que é moda, correram durante estas ultimas semanas a adquirir o bem de segurança rodoviária mais importante para eles.
O mais importante é o colete o resto que se lixe.

|

As leis são para cumprir? 

A leviandade de passar sinais vermelhos de semáforo, continua bem arreigada na mentalidade de muitos portugueses. O mesmo se aplica para os semáforos que ficam vermelhos com o excesso de velocidade de alguns atrevidos, que gostam de poder apreciar o vizinho do lado a ficar ali parado enquanto o prevaricador segue o seu caminho.
O novo código da estrada representa bem o nosso pais. Um pais com leis que não se cumprem ou pouco se aplicam.
Continua-se a falar ao telemóvel e a conduzir com o mesmo à vontade de sempre.
Continuam os excessos de velocidade e as manobras perigosas.
Continuam as crianças no banco de trás sem cinto de segurança.

|

segunda-feira, março 28, 2005

"O grande Apostador 

devia ser o Estado, logo antes da pré-primária. Apostar na educação das crianças, dos adultos, da terceira idade. Essa é uma carência estrutural e colectiva portuguesa. Consta que temos uma das percentagens mais altas em investimento na educação, mas em termos de investimento produtivo a coisa parece-me residual. As contas devem ser feitas aos salários, deve ser isso. O grande concelho a dar ás crianças de hoje é: quando fores grande o melhor é seres reformado da Caixa geral de Depósitos. Esse deveria ser um objectivo central para as novas gerações."
João Alfacinha da Silva autor do Livro (Cá vai Lisboa) em entrevista na NOTICIAS MAGAZINE

|

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Estou no Blog.com.pt Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com